Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Magistério6971

Os autores deste jornal virtual apresentam a todos os visitantes os seus mais cordiais cumprimentos. Será bem-vindo quem vier por bem.

Magistério6971

Os autores deste jornal virtual apresentam a todos os visitantes os seus mais cordiais cumprimentos. Será bem-vindo quem vier por bem.

Senhor da ...

Há pessoas que devido ao seu carisma nos entram nas nossas memórias e aí perduram gravadas. Não me refiro àqueles que pelos seus feitos guerreiros ou intelectuais fomos bebendo nos livros, esses têm o seu lugar na história. Refiro-me então àqueles que nos foram entrando pela televisão e que nos habituamos a ver neles “pivots” dos assuntos que abordam.

Temos o “ senhor televisão” que por ironia do destino após um período aureo ninguém previa o que lhe viria a acontecer.

O “senhor da meteorologia”, Anthímio de Azevedo, aquela figura que aliava a simpatia à sabedoria com que tratava o clima e as alterações climáticas. Faleceu agora.

Outra figura que também quero aqui referir, “senhor do ambiente”, arquitecto Ribeiro Teles que está de vetusta idade. Sempre que havia problemas com inundações em Lisboa lá vinha ele à televisão dizer o que não se devia fazer em Lisboa, não construir nas linhas de água, corgos e ribeiras. Bem pregou Ribeiro Teles enquanto teve folgo para isso, mas os patos bravos do betão levaram sempre a melhor enquanto os políticos iam amouchando com a canga. Sempre que chove forte na capital muitas zonas ficam inundadas.

 

  (antonio)

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.