Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Magistério6971

Os autores deste jornal virtual apresentam a todos os visitantes os seus mais cordiais cumprimentos. Será bem-vindo quem vier por bem.

Magistério6971

Os autores deste jornal virtual apresentam a todos os visitantes os seus mais cordiais cumprimentos. Será bem-vindo quem vier por bem.

A bonomia das facadinhas e a miséria dos pedófilos

Facadinhas da ordem dadas às escondidas ou às escancaras por muitos que usaram a prima tonsura, era um ver se te avias. Sempre assim foi e quem tiver dúvidas e as queira dissipar, enfronhe-se nas leituras de Aquilino Ribeiro, mas não só, que bem retracta com naturalidade a não abstinência, que foi jurada a pés juntos, por esses humanos.

Agora casos de pedofilia, quem havia de dizer, no sector clerical!... Agora é o que foi pároco de Canelas a acusar desses abusos um outro padre de Fafe. Isto está lindo…

Mas quem não se lembra do bispo cá do rectângulo, que foi recambiado para o Vaticano, bem falante, boa figura, charmoso, que se estava a pôr a jeito com a ajuda da comunicação social para se sentar no cadeirão patriarcal de Lisboa. Também foi denunciado por um padre.

A coisa vai linda, vai, vai.

 

  (antonio)

1 comentário

Comentar post