Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Magistério6971

Os autores deste jornal virtual apresentam a todos os visitantes os seus mais cordiais cumprimentos. Será bem-vindo quem vier por bem.

Magistério6971

Os autores deste jornal virtual apresentam a todos os visitantes os seus mais cordiais cumprimentos. Será bem-vindo quem vier por bem.

Olhar o Porto - CIII (A minha árvore)

 Diz-se que a razão do empedramento de muitas áreas ajardinadas da cidade do Porto tem a ver com a contenção de custos com o pessoal que tratava dos jardins. Na minha óptica foi uma triste decisão que escurece a cidade tirando-lhe o perfume que também atraía o turismo. Mas já que estamos a falar em jardins que foram pró maneta também não podemos esquecer os floreados desenhados em muitos passeios feitos de calcáreo e basalto que foram simplesmente substituídos pelo cinzento granito.

Os nossos governantes autárquicos não têm o glamour dos seus comparsas dos países europeus que têm carinho pelo ambiente. Os senhores engenheiros das câmaras interessam-se pelas empreitadas de plantação de árvores e ficam por aí. Depois deixam-nas ao Deus dará, não são regadas na época estival e nem devidamente tutorizadas enquanto são jovens para uma correcta formação.

Passo diariamente na pequena rua de Fernando de Bulhões que fica ao lado da Igreja das Antas, pois no passeio há um correr de magnólias que terão meia dúzia de anos. Uma delas (ver imagem) está muito torta pois o tutor partiu-se na base e como está atado à arvore faz um efeito contrário àquele com que foi lá colocado. Esta situação está a arrastar-se já há uns tempos e não há ninguém dos serviços camarários que veja aquilo, francamente mexe comigo.

Helder Pacheco ficou entristecido quando o majestoso jacarandá, sua árvore de sentimento, do Largo do Viriato, morreu. Ele era um petiz quando por lá passava pela mão do seu avô e admirava a beleza e o perfume das flores temporãos daquela árvore. Espero, mas temo o pior, que a magnólia, minha árvore visualmente falando, não quebre por desleixo dos serviços da CMP.

 

  Fiquem bem, antonio

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.