Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Magistério6971

Os autores deste jornal virtual apresentam a todos os visitantes os seus mais cordiais cumprimentos. Será bem-vindo quem vier por bem.

Magistério6971

Os autores deste jornal virtual apresentam a todos os visitantes os seus mais cordiais cumprimentos. Será bem-vindo quem vier por bem.

Fogos florestais - Cabrada ao ataque

Nos últimos dias com os incêndios no auge os governantes tentam amenizar as aflições dos bombeiros e os prejuizos com danos pessoais e materiais resultantes  dessa saga que parece não nos deixar. Então o primeiro ministro e o Presidente da República apesar de estarem em férias vêm-se na obrigação de ir ao locais do fogo assinar o ponto!... Entretanto nas notícias surge que um ou outro pirómano foi apanhado para se sujeitar às leis brandas que os juizes vão aplicar.

A notícia que me deixou perplexo foi aquela de se instalarem, na região da raia nos distritos de Bragança e Guarda, com o apoio dos governos de Portugal e Espanha, 150 mil cabras  para "a limpeza das florestas e campos". Boa malha (onde é que eu já ouvi isto) senhores de ideias mirabolantes com a instalação de novos "sapadores" no terreno que farão a limpeza gratuitamente na óptica das cabeças pensantes.

É sabido que as cabras são predadores dos rebentos dos arbustos e silvas quando estão na fase de rebentação e assim também irão desvastar rebentos de  jovens árvores nobres como sejam carvalhos, sobreiros, castanheiros e outros. Mal vai o ganho que me dás prejuizo, aplica-se neste caso.

Sejamos claros e não tentemos tapar o sol com uma peneira. Se a limpeza das matas é insuportável quer pela desertificação quer devido aos elevados custos então só há uma via a seguir, criar e aplicar legislação de mão pesada para quem arrisque pegar o fogo à floresta.

 

 

 

(antonio)

2 comentários

Comentar post