Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Magistério6971

Os autores deste jornal virtual apresentam a todos os visitantes os seus mais cordiais cumprimentos. Será bem-vindo quem vier por bem.

Magistério6971

Os autores deste jornal virtual apresentam a todos os visitantes os seus mais cordiais cumprimentos. Será bem-vindo quem vier por bem.

A política

Ainda bem que não mando nada. Porquê? Porque se eu mandasse, este país não ficava sem Primeiro Ministro. Há quanto tempo este meu país não tem Primeiro Ministro? Eu tenho visto, realmente, o Primeiro Ministro com a pele de secretário-geral do partido socialista a fazer campanha. E pergunto? E o Primeiro Ministro de Portugal? Ah, já sei: no seu vencimento mensal de primeiro ministro é-lhe descontado este período em que não trabalha como Primeiro Ministro. Não haverá trabalho que chegue para um Primeiro Ministro de Portugal? Portugal não dará trabalho suficiente para um Primeiro Ministro? Ah, então se o podemos dispensar, digo, se o Primeiro Ministro de Portugal pode ser dispensado por um período de tempo, não poderá ser dispensado para sempre? Ah, fará horas extraordinárias quando regressar... Com certeza. Eu não mando mesmo nada mas podem crer que se eu mandasse, Primeiro Ministro de Portugal não podia ser secretário-geral de nenhum partido. Eu tenho cada ideia. Para o que me havia de dar, agora. Saudações tripeiras do Francisco.