Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Magistério6971

Os autores deste jornal virtual apresentam a todos os visitantes os seus mais cordiais cumprimentos. Será bem-vindo quem vier por bem.

Magistério6971

Os autores deste jornal virtual apresentam a todos os visitantes os seus mais cordiais cumprimentos. Será bem-vindo quem vier por bem.

A culpa mora e morre solteira

Diz o meu amigo António, no post anterior, que «A culpa mora solteira». Pois é verdade. Concordo. A culpa, neste país, continua a morrer solteira. E, para mais, vamos ver como vai ficar este processo-crime que o ministério público fez questão de se saber «...que tinha de ser levantado, visto haver mortos e feridos...» Pois, pois... Logo falaremos. Até parece que o sistema está bem montado, a defender os atingidos, a encontrar e a penalizar os responsáveis, etc. Pois, pois... Parece, não parece? E a ponte de Entre-os-Rios? E outras incúrias, negligências e desleixos de organizações públicas e privadas que causaram graves feridas em cidadãos indefesos? Quantas já aconteceram? E os responsáveis? Ah, esses foram sempre identificados e penalizados. Aqui, neste canteiro à beira-mar plantado, sabemos que todos os nossos direitos estão protegidos. Mais mal é de quem sofre no corpo...

2 comentários

Comentar post