Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Magistério6971

Os autores deste jornal virtual apresentam a todos os visitantes os seus mais cordiais cumprimentos. Será bem-vindo quem vier por bem.

Magistério6971

Os autores deste jornal virtual apresentam a todos os visitantes os seus mais cordiais cumprimentos. Será bem-vindo quem vier por bem.

Alterações climáticas - II

Neste dia de Natal as notícias televisivas, para não variar, são tristes. Por cá os agricultores do Oeste ficaram em maus lençóis com a destruição das suas culturas, o temporal também provocou um apagão de monta pelo derrube de grandes postes de muito alta tensão. Lá fora no país da bota, uma rapariga não se sabe com que intenções, na Catedral de S. Pedro pôs em apuros o Papa furando a segurança. Parece que os ventos não vão de feição para as hierarquias da Igreja e do Estado pois há uns dias o primeiro ministro também tinha sido maltratado.
As notícias sucedem-se em catadupa e umas abafam as outras. Assim, da cimeira do clima em Copenhaga já nem uma palavra, deu num fiasco como era de prever. Então se as potencias não se entendem quanto às guerras iam agora ceder nesses pontos de diminuição de gases que lançam para a atmosfera! Todos têm boas intenções mas… As alterações climáticas estão aí e até já se diz que Portugal será dos países europeus dos mais afectados.
Surgiu-me a ideia de estar aqui a falar neste assunto porque já há alterações que são do meu conhecimento directo. É o caso duma buganvília que tenho na frente da casa que ainda se mantém florida o que não é habitual nesta época do ano. São sinais que nos vão sendo dados pela natureza a que não podemos ficar indiferentes. Já por aqui me referi que as aves migratórias  como a rola e a cegonha estão também a alterar os seus ciclos.
 

 Fiquem bem, antonio