Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Magistério6971

Os autores deste jornal virtual apresentam a todos os visitantes os seus mais cordiais cumprimentos. Será bem-vindo quem vier por bem.

Magistério6971

Os autores deste jornal virtual apresentam a todos os visitantes os seus mais cordiais cumprimentos. Será bem-vindo quem vier por bem.

Pelo Tua!...

Três maduros, (um ex - industrial de calçado, outro engenheiro da EDP que já foi e um ainda professor que já não o é) acordam uma viajem sobre carris até Mirandela. Se o pensaram assim o fizeram em 03/03/2008. Em Campanhã combinaram o encontro e às 09H20 partiram no comboio e procuraram lugares do lado direito para assim poderem beber a paisagem do Douro. Mas, que desilusão!... Toda a parte lateral das carruagens incluindo os vidros das janelas tudo ofuscado com aquelas pinturas de spray – grafittis. Eu não queria acreditar e um dos meus comparsas chegou a pôr a hipótese de ter sido a CP que teria, numa de modernismo, feito aquele serviço, mas perante a pergunta ao "pica" logo ficou a coisa esclarecida que a CP não teria feito tal coisa e que já tinha comunicado à gerência, blá, blá... Bem, escusado será dizer que a paisagem do Douro vinhateiro até ao Tua ficou bastante comprometida, mas sigamos...

Na estação do Tua apeamo-nos e tomamos o comboiozinho, metro de superfície ou lá o que lhe queiram chamar até Mirandela. O Portugal profundo está ali diante dos nossos olhos durante cinquenta e tal quilómetros, a maior parte a 30 Km/h, marcha à vista. Sempre do lado esquerdo do Rio, a linha estreita, ora entalada na escarpa, ora sobranceira ao rio em taludes, pequenos pontões ou em túneis, torna-nos pequenos demais perante a ousadia dos nossos antepassados de há cento e poucos anos. Razão teve o Rei D. Luís na inauguração da linha indo ele próprio na primeira viagem desflorando toda aquela paisagem e engenharia humana!...

É pena que queiram agora abafar aquela linha com a construção duma barragem na foz do Rio Tua. Pois aquilo não é rentável, pois não!... E que tem feito a CP/REFER para inverter a situação? Pouco. Mas eu dou sugestões. A começar logo pelas carruagens que circulam na linha do Douro que na minha óptica deviam ser atractivas, panorâmicas, envidraçadas, de tal maneira que o viajante pudesse visionar o rio e toda a envolvência vinhateira. Quanto à carruagem que vai da estação do Tua até Mirandela devia ter uma instalação sonora informativa sobre a linha, quando foi inaugurada, sua construção, as terras por onde passa, etc, etc. O viajante ia admirando o belo horrível da paisagem e ouvindo as informações. Por outro lado os horários não são os mais adequados – chegada a Mirandela às 14H00!... Quanto aos preços, outro busilis, a grande diferença entre os praticados pela CP e pelas empresas rodoviárias, daí termos optado também pela viajem de regresso em autocarro.

Para a sorumbática CP ao que não dá lucro no imediato fecha-se! Num país com gente de olhares rasgados outras apelações deviam estar na mira, numa exploração de vertente turística que poderá ser uma mais valia para a região.

 

   Fiquem bem, antonio

A melhor do mundo!

Mundiais de atletismo em pista coberta

É um orgulho ter uma compatriota que é campeã do mundo em salto em comprimento. É um orgulho saber que é uma mulher, precisamente no dia seguinte ao instituído dia da mulher. É um gosto e tem um sabor especial nesta altura de crise de auto-estima nacional. Obrigado a quem ainda se esforça por Portugal.

PARABÉNS NAIDE GOMES