Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Magistério6971

Os autores deste jornal virtual apresentam a todos os visitantes os seus mais cordiais cumprimentos. Será bem-vindo quem vier por bem.

Magistério6971

Os autores deste jornal virtual apresentam a todos os visitantes os seus mais cordiais cumprimentos. Será bem-vindo quem vier por bem.

Gondomar em festa!...

 

São mais as vozes que as nozes ou vice-versa é um aforismo que se ouve por aqui (Gondomar). Desta feita as vozes são muitas e as nozes idem aspas. Estamos a falar da festa do Rosário - feira das nozes em Gondomar.

Outrora as filhas da nogueira eram cá do solo pátrio, agora com a globalização vêm de conamaím  mas as do Chile dão cartas!

Guarda-chuvas ao preço da uva mijona vindos, todos vocês sabem, não é não de S. João da Madeira, três cinco euros!...

Atoalhados, cuecas femininas, brinquedos de pilhas, molas de plástico, afrodisíacos c/pau de Cabinda à mistura e preservativos libidinosos, último grito sim senhor, mas para adultos o que está mesmo a dar é "mete e tira", é sempre a aviar, tudo a preços de saldos made in... para fazer o povo feliz para contrabalançar às reformas de miséria! 

Ó Maria, gostavas de ter um "mete e tira"? Perguntou à mulher,  uma quarentona luzidia e bem feita, o romeiro, um lingrinhas arrepiado, caga na saquinha, qual trinca-espinhas c/dentes rareados e amarelecidos "que nem lá vou nem faço minha". Provocou nos circundantes a hilariedade geral, que já tinham direccionado os farois, nos máximos, na jeitosa, e ouviu-se em surdina - larga o osso que ñ tens dentes para isso!  Ai minha nossa senhora,  é dar pérolas a porcos!...

Mas até nós se despirmos a sotaina do bom comportamento e ficarmos masculinamente nus, consideramos que mesmo até os não  audiveis piropos (desfeiamentos, para o  triste-alegre enfezado que bem vistas as coisas não valia a ponta de um corno, não merecedor assim desta escultura, mais lhe valia ir dali directo para a igreja orar a S. Cosme e S. Damião pela sua sorte conjugal) à vaporosa,  foram na mouche. A fulana enchia o olho ao mais pintado  e não era nada de se pôr na beira do prato ouvia-se aqui e ali!... Era um estalo, como diria um amigo meu ou, baixando a fasquia social, segundo o peneirento graxa  da esquina com o cabelo enlameado de brilhantina, um chulo lambisgoia do caraças que tinha a mania de engatatão, um reles piça mole que não passava dum chupista de gorgetas dos domingueiros que gostavam de ter os sapatos espelhados, de fazer parar o trânsito!  Sejamos em suma verdadeiros - boa comómilho!...E aqui fecho parêntises e volto a vestir a sotaina!...Enfim, festa é festa, siga a rusga e haja alegria!...

Ai mas nem tudo vem lá de fora, o vinho doce agora vendido em garrafões de plástico, 5 L 5 € e o caldo(eufemisticamente sopa)  de nabos!  A tradição, carago,  ainda é o que era, minha gente!...

Genuinamente portuguesa é também a exposição de pintura que se encontra na galeria do Auditório de Gondomar. São artistas gondomarenses, entre os quais há trabalhos, de que gostei, da nossa colega de curso e amiga Pequenu que assina os quadros "Alzira Braga" detentora de um avantajado currículo. Se passarem por Gondomar não percam uma escapadinha ao Auditório Municipal e apreciem o que é nosso!...

C/vossa amizade, partilhem comigo a v/felicidade, antonio

Pág. 3/3