Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Magistério6971

Os autores deste jornal virtual apresentam a todos os visitantes os seus mais cordiais cumprimentos. Será bem-vindo quem vier por bem.

Magistério6971

Os autores deste jornal virtual apresentam a todos os visitantes os seus mais cordiais cumprimentos. Será bem-vindo quem vier por bem.

PISCINAS NA BAIXA PRECISAM-SE, para o povo

Hoje de tarde tinha programado ir visitar um meu conterrâneo hospitalizado, devido a queda de um tractor, ao Hospital de Santo António.

Fui a "boots" desde o Campo 24 de Agosto observando a cidade. Ao passar na Praça Carlos Alberto pude ver a intervenção de que foi alvo e gostei. Um entrosamento entre os canteiros ajardinados, os arbustos e os passeios pedonais em calcáreo e basalto dão-lhe dignidade, tendo como centralidade o monumento aos mortos da grande guerra.  Mas se assim ficou deve-se a Rui Rio que devido a impasse da obra do tempo de Nuno Cardoso, alterou o projecto inicial que como é bom de ver ia pela modernice!... Portanto aqui, para Rio, nota positiva.

Cheguei ao hospital mas não pude ver o sinistrado pois já tinha um familiar e só entra uma pessoa de cada vez.

Regressei passando pelo jardim de João Chagas , vulgo Cordoaria, e aí vi o que já estou farto de observar. A intervenção no âmbito do Porto 2001 ficou muito forrêta... Ou os dinheiros foram parcos ou então mal administrados. É uma amálgama sem jeito. Estamos em tempo seco mas aconselho a ir de galochas quando virar Inverno chuvoso, quem por lá passar!...

Fui andando e desço a Rua das Carmelitas e aí fico optimizado com a grandiosidade das fachadas dos prédios. Fiquei ali um bocado a olhar para o ar, no meu subconsciente a honrar esses nobres arquitectos, engenheiros, canteiros e operários dessa época.

Desço rua abaixo e encontro-me no local do crime maior - Praça da Liberdade e Avenida dos Aliados. Ao cima, no lago, espelho de água como pomposamente gostam de apelidar os seus obreiros, sete rapazinhos a refrescarem-se, sintoma que há falta de piscinas!... Ou então, já agora, a Câmara enviar para o local um polícia a proibir ou  um nadador salvador no caso de permissão.

 

C/Vossa simpatia, antonioduvidas